sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

A vida e seus desafios


Sempre estaremos sendo desafiados de alguma forma pela vida e, assim, nosso propósito não pode ser o de querer eliminar os desafios, mas sim aprender como lidar com eles, já que estarão presentes todo o tempo.
Tentar eliminar os desafios da vida é, em outras palavras, fugir das próprias responsabilidades. Sabemos que conseguiremos fazer isso até certo ponto, mas, logo em seguida, de alguma forma seremos cobrados.
Como lidar com os desafios? Como saber a melhor maneira de encará-los? Estas são perguntas que poderão surgir. Torna-se relevante identificar o que nos tira de nosso eixo, de nosso equilíbrio natural. É importante saber que, assim como uma doença física provoca um estresse emocional, o inverso também ocorre. Quanto mais permanecermos submetidos ao estresse emocional, maiores serão as chances de adoecermos.
Nosso organismo funciona em um determinado nível de estresse fisiológico que é necessário. O problema é quando o nível se excede e, claro, maior será o problema quanto maior seja o período em que ocorre o excesso.
Se funcionamos além de nossos limites, despendemos mais energia do que temos e, em algum momento, nosso sistema imunológico sofre uma baixa, podendo ocorrer qualquer tipo de problema físico.
Por esta razão, é importante conhecer a forma que representa o melhor caminho para que possamos encarar nossos desafios sempre utilizando apenas a energia necessária, e não em excesso. Isso se torna possível por meio do autoconhecimento. Veja o que te aborrece e comece a prestar atenção, tente mudar o que for possível ou adequar as situações à sua maneira. Para o que não é possível conseguir por conta própria, existem as mais diversas modalidades de terapias com enfoque holístico para auxiliar neste processo, e é justamente onde entram os florais, ervas, radiestesia, massagens, acupuntura, reiki, etc.
Em algum momento da vida talvez possa valer a pena procurar por estes recursos... Já pensou nisso?

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Assim fora como dentro


Muitas vezes nos queixamos pela forma como vivemos o momento, reclamamos por não conseguir reverter uma situação que não nos agrada e achamos que estamos sempre com algum problema enquanto outras pessoas estão somente passeando pela vida.
Problemas todas as pessoas vivem e cada um do seu jeito. Nos dá uma impressão algumas vezes que estamos numa pior e que outros estão bem, somente pelo fato de que a pessoa com quem nos comparamos não vive a nossa dificuldade e então vemos nela a solução que gostaríamos de encontrar. Por outro lado, certamente esta pessoa também deve enfrentar algum tipo de dificuldade e que nem podemos imaginar.
A melhor solução sempre é tentar viver o conceito de "assim fora como dentro", ou seja, tentar compreender que somos os responsáveis pela situação que vivemos e que precisamos superá-la caso se trate de uma dificuldade. Não adianta ficar amaldiçoando nossos dias porque a vida não está como queremos, isso irá apenas piorar as coisas.
O conceito de assim fora como dentro trata de nossa capacidade de projetar em nossa vida aquilo que desejamos. Quando mentalizamos uma condição melhor e permanecemos firme nessa idéia, então essa energia positiva toma conta de nosso interior e tende a se exteriorizar. Portanto, sempre será "assim fora como dentro" não importando se de forma positiva ou negativa e acreditando nisso ou não.
É mais inteligente ser feliz e, assim, vale a pena ao menos tentar projetar nossa própria felicidade. Se não fizermos isso, ninguém poderá fazer por nós.

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Uma visão sobre a cura


A cura não consiste no processo de combater a doença presente, mas sim em buscar criar uma sintonia que não se afinize a ela. É possível conseguir isso se fizermos uma análise de qualquer tipo de atitude ou pensamentos negativos que estávamos cultivando anteriormente ou no momento justo de quando a doença se instalou.
Para obter a cura não basta se entupir de medicamentos, sendo que eles irão agir apenas combatendo os sintomas e não a causa, que continuará latente e poderá se manifestar nas mais diversas formas mórbidas que conhecemos. Os medicamentos, em especial os alopáticos que são os mais largamente utilizados, são sim importantes (fala aqui um farmacêutico) mas não são o único recurso disponível e não poderão resolver todos os problemas. Se assim fosse, como era possível viver antes da prática da medicina que conhecemos hoje? Como viviam nossos ancestrais? Os consultórios médicos e indústrias farmacêuticas não foram criados junto com a humanidade, e ela se manteve até que ambos pudessem existir.
Quando disse anteriormente que é preciso criar uma sintonia diferente da atual para que possamos nos livrar das doenças, é na verdade algo bem simples de compreender, mais ou menos como a famosa frase: "o que vem de baixo não me atinge". E é isso mesmo, basta imaginar que podemos ser maiores que o mal que nos acomete e ver no que estamos errando em nossa postura diante da vida, assim é perfeitamente possível eliminar de nossa volta qualquer tipo de energia ruim que possa se converter em doença quando atingir nosso corpo físico (e atinge, mais cedo ou mais tarde).
Ser feliz e viver o bem estar é um direito de todos e, se isso não ocorre, é porque algo fazemos de errado e não porque estamos sendo castigados. Nós é que precisamos nos dar conta de que a vida é muito maior do que a distância entre o olho e o próprio umbigo, precisamos aprender a fazer parte da Obra!

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Mesa Radiônica Quântica


A mesa radiônica quântica é um excelente recurso para ver como está o nosso nível energético, assim como pesquisar as causas dos bloqueios e inclusive já tratar alguns deles por meio dos recursos radiônicos de emissão energética disponíveis na mesa.
Não se trata de nada místico, e sim simplesmente a captação da energia presente, pois todas as pessoas possuem seu próprio campo de energia e são capazes também de perceber as energias que estão ao redor. Basta lembrar que muitas vezes temos sensações diversas quando entramos em um lugar ou quando alguém se aproxima, de forma que podemos ter um sentimento de paz, desconfiança, bem estar, medo, etc... As energias estão lá!
O mais interessante dessa ferramenta terapêutica é que o limite é a mente do terapeuta, de forma que quanto mais conhecimento ele possui sobre aquilo que investiga, melhores serão os resultados atingidos. Estes resultados podem ser impressionantes variando da profundidade da pesquisa radiestésica, de forma que podemos descobrir causas de nosso desequilíbrio energético que nem fazemos idéia de que aquilo poderia nos afetar.
Sendo um recurso que atua no campo energético vibracional, capta muito além do que nossa consciência racional pode nos mostrar.
Para os que não são familiarizados, a mesa radiônica é um recurso normalmente usado por radiestesistas, que já possuem afinidade no trabalho com o pêndulo, e é este instrumento utilizado para se chegar aos mais diversos diagnósticos através da mesa. O atendimento pode inclusive ser realizado à distância desde que o terapeuta possua um testemunho da pessoa que será atendida, que de preferência deve ser algo biológico, como um fio de cabelo. Se o terapeuta não possui um testemunho biológico, então pode produzir um sintético, simplesmente colocando o nome completo e data de nascimento da pessoa que será atendida em um papel e estabelecendo assim uma conexão. Isso se torna possível justamente pela aplicação da física quântica, onde o tempo e espaço são relativos, sendo possível interagir com eles.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Gerando a virtude oposta à falta


Quando nos desviamos do nosso propósito de alma, causamos uma desarmonia em nosso ser pelo fato de nos entregarmos às influências do mundo nos esquecendo de nossa real necessidade.
É possível dizer que somos aqui uma personalidade em busca de novas experiências e da soma de conhecimentos à nossa bagagem espiritual, mas somos também vulneráveis a todo tipo de influências, e assim podemos nos afastar do caminho traçado dentro de um planejamento para esta encarnação. Quando isso acontece, então é criado um conflito entre nossa alma, que nos lembra do que devemos fazer, e nossa personalidade, que se baseia nos impulsos e desejos humanos.
Uma situação conflitante gera uma desarmonia que desencadeia uma falta. Esta falta é uma fuga de nosso propósito, onde desenvolvemos alguma característica negativa, que no fundo prejudica a nós mesmos, e isso pode ocorrer na forma de rebeldia, ódio, amargura, vingança ou qualquer outro sentimento negativo. Quando estamos nesta condição e nos damos conta disso, é o momento de desenvolver então a virtude oposta ao sentimento negativo presente. É muito simples... Se uma pessoa é egoísta, não é o melhor caminho tentar suprimir o egoísmo, pois assim ele continua lá e estaremos dando atenção a ele e não conseguiremos erradicá-lo. Mas se esta pessoa desenvolver a solidariedade, então mudará seu foco para um aspecto que toma conta de seu ser e assim o egoísmo perde o espaço para agir. Assim funcionará com qualquer outro sentimento negativo, bastando encontrar o oposto a ele e desenvolvê-lo.
A virtude oposta à falta sempre é o melhor caminho para que possamos corrigir algum desvio que estejamos praticando assim que nos damos conta dele. Desta forma, estaremos nos favorecendo e criando harmonia entre nossa personalidade e nossa alma, que é nossa memória astral e sabe o que é melhor para nós, nos guiando pela vida dentro daquilo que planejamos fazer aqui.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Cuidar do emocional


Nossas emoções refletem aquilo que vem da alma e, assim sendo, é muito importante prestarmos atenção aos nossos sentimentos, pois eles nos guiam em nossa caminhada diária. Para raciocinar, precisamos parar e analisar um pouco o que quer que seja, mas os sentimentos regem nossas vidas mesmo de forma inconsciente.
A todo momento carregamos algum tipo de sentimento perante a vida, nossos planos e objetivos ou pessoas que nos cercam. Nossa forma de sentir a vida molda até mesmo nossa forma de pensar sobre a vida.
O emocional pode determinar nossas condições de saúde, pelo simples fato de que se cuidamos da emoções, nos sentimos bem e isso gera uma energia positiva que nos cerca, uma boa vibração que nos fortalece e impede que agentes de doença possam nos invadir.
Para cuidar do emocional, temos que prestar atenção na forma como nos sentimos, é preciso identificar algum fato que possa causar angústia, rancor, ansiedade, mágoas, etc. Todos estes sentimentos negativos podem aos poucos minar nossa resistência e assim nos deixar vulneráveis a diversos problemas que acabam se tornando uma bola de neve.
Com tudo isso, quero dizer que não é normal ficar triste, magoado, querendo vingança ou seja o que for. Se em algum momento da vida pudermos identificar algo dessa natureza, então é interessante investigar a razão e utilizar algum recurso para superar esta dificuldade, buscando assim manter o equilíbrio emocional. Não somos apenas um amontoado de órgãos independentes, tudo em nós se conecta, tudo em nós precisa de harmonia... A começar pela forma como nos sentimos diante da vida! Seu emocional está em dia? Se está, ótimo! Se não está, não fique sofrendo à toa!

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Coragem


Todos temos aqui algum trabalho a fazer, seja qual for sem importar a finalidade. O importante mesmo é que temos algo a fazer que possa de alguma forma nos favorecer e ao mesmo tempo, o nosso semelhante.
Qualquer ofício que se aprenda e que seja posto em prática, nos ensina e beneficia a quem nos procure. Quanto mais elevado for o nosso propósito, mais difícil pode ser a sua realização pelo fato de que vivemos em um ambiente de expiação e prova sob a ótica espiritualista.
Existe aqui uma mistura muito grande de desejos, sentimentos e contrariedades, gerando energias que podem nos atrapalhar dentro daqui que almejamos. No entanto, só seremos atrapalhados se permitirmos que isso aconteça. É exatamente aqui onde entra a coragem, que serve como prova do quanto realmente queremos algo. Se ao primeiro obstáculo desistirmos, então o ímpeto da realização não é tão verdadeiro.
É preciso enfrentar qualquer dificuldade quando se propõe a fazer algo. Quem disse que será fácil? Podem surgir dificuldades diversas, tais como financeiras, de relacionamentos e até de saúde. A coragem pode superar tudo isso. Basta lançar ao universo que queremos fazer algo verdadeiro porque o consideramos importante para nós e para o meio em que vivemos, visando a evolução coletiva.
Essa é a idéia, e quando tivermos ciência disso, então o universo nos responde enviando os recursos necessários para a nossa concretização, mas apenas quando estivermos prontos para encarar o que der e vier!

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

A Esperança


A palavra esperança pode ter muitas interpretações que, ao que parece, sempre serão voltadas a quem está interpretando. Não falo de nada relacionado a dicionário, mas sim ao que cada um traz dentro de si por vivências e através disso forma-se um ponto de vista sobre todas as coisas.

Sendo assim, aproveito para transmitir a minha visão sobre esta palavra, que mostra que sempre podemos esperar algo. No entanto, há um paradoxo porque a espera aqui não é passiva e sim apresenta um sentido de que haverá sempre algo com o que podemos lidar adiante, indicando justamente um passo futuro.

Se a esperança nos conduz ao futuro, cabe a nós focar o pensamento de uma forma positiva, para que então chegue em nossas mãos o que desejamos, o que realmente esperamos que seja de nossa vida.

Resumindo: esperança significa esperar, mas não esperar sentado!

sábado, 19 de novembro de 2011

Hoje e Sempre


Hoje é tempo de mudar, sempre é tempo de mudar...
Hoje é tempo de ser feliz, sempre é tempo de ser feliz...
Hoje é o tempo em que vivemos, por isso a vida é hoje...
O hoje é sempre atual, e assim sempre vivemos o hoje...
Não há nada que não possamos fazer hoje, sempre podemos fazer um dia melhor...
Se você é feliz hoje, então você sempre será feliz, porque todos os dias são hoje...
O hoje passa, mas sempre volta, nos dando uma nova oportunidade de modificá-lo... Como você faz isso?
Não podemos perder tempo hoje, nunca podemos... Porque sempre é hoje, hoje e sempre...
Por que você está de mau humor hoje? Logo hoje? Hoje é um dia que ficará em sua vida para sempre...
Faça alguém feliz hoje, seja feliz hoje... Que dia é hoje? Não importa, é sempre hoje...
Amanhã é outro dia, que sempre será hoje...
Não está bem hoje? Amanhã estará, porque amanhã será hoje... Mude agora!
Seja dono de sua vida hoje e sempre!

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Cartomancia

Para falar sobre cartomancia, é preciso compreender a palavra e, para tanto, vamos dividi-la em carto + mancia. De cara sabemos que "carto" vem das cartas, mas... E mancia?

Pois vamos lá! Mancia = elemento na formação de palavras com idéia de adivinhação. Sendo assim, a cartomancia nada mais é do que uma arte divinatória com a utilização de cartas, uma técnica que exige estudo para compreensão do significado de cada uma das 52 cartas que compõem um baralho comum. A seguir, algumas outras técnicas que são também mancias, apenas para maior ilustração do tema:

quiromancia - leitura das linhas da palma da mão
rabdomancia - adivinhação com o auxílio de varinha, atualmente conhecida como radiestesia, sendo a "varinha" hoje vista como o dual rod, que é apenas um dos instrumentos radiestésicos; 
cristalomancia - arte divinatória que utiliza cristais;
cafeomancia - adivinhação pela borra do café;

Claro que há tantas outras técnicas, mas as que foram aqui comentadas bastam para o que se pretende para o momento. A cartomancia é muito interessante e é uma minoria das pessoas que possui o conhecimento sobre o poder de um baralho em captar nossas energias e mostrar o melhor caminho. Diz-se que a(o) cartomante é alguém que trabalha na base das previsões e a(o) taróloga(o) compreende através de seu jogo toda a energia do consulente e o orienta da melhor maneira possível. No sentido literal da palavra, essa é a verdade. No entanto, com o conhecimento do tarot, é possível atuar da mesma forma com o baralho comum, guardadas as proporções já que este possui 52 cartas e o tarot, 78 e é dividido em arcanos maiores e menores.

Para quem duvida da força que possui um baralho comum, aí vão alguns pontos a se pensar: são 52 cartas e são 52 semanas em um ano; o total de cartas pode ser reduzido numerologicamente em 5 + 2 = 7, e são 7 dias na semana; são 4 naipes e há 4 estações no ano, assim como 4 elementos naturais (água, fogo, terra e ar); há 12 cartas com figuras (a realeza) e há 12 meses no ano e 12 signos zodiacais e, por fim, há 13 cartas em cada naipe e há 13 lunações (ciclos completos lunares) no ano. Bem interessante, não é mesmo?

Pois então, Vamos às cartas!

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

O Tarot e suas possibilidades


As cartas do tarot trazem em si todo o conhecimento para identificar o que acontece com cada indivíduo e o que representa cada situação que ocorre em sua vida. Se este conhecimento é bem utilizado, é possível usar as cartas como um verdadeiro guia para o cotidiano, para fazer ou não fazer algo e seguir ou não determinado caminho.

Algo muito interessante é que a vida, como sabemos, é feita de ciclos que se abrem e se fecham. Desta forma, cada arcano maior representa um ciclo de vida, mostrando qual é a necessidade para o momento e o que deve ser desenvolvido para que se tenha prosperidade.

Se algo não vai bem, por que isso acontece? Com o tarot, através dos arcanos menores, vamos buscar a causa de uma dificuldade, sabendo se ela surge devido a um desequilíbrio físico, emocional, mental ou espiritual. Apenas com isso se consegue um bom direcionamento, mas podemos ir além, buscando saber qual a melhor ajuda para que o equilíbrio seja restabelecido.

Quando se compreende a razão de um acontecimento, é muito mais tranquilo lidar com ele. O tarot nos permite ter essa tranquilidade porque nos permite conhecer o que não podemos compreender sem um auxílio como este.

O tarot não tem limites, é algo que tem muito poder e cada um saberá o que pode conseguir através das cartas. Para isso, basta saber o quanto se quer saber. Sem nos esquecermos que o conhecimento traz responsabilidade, pois quando se toma ciência de algo, se deixa a ignorância e a partir deste ponto cada um se torna mais responsável pelos seus atos.

O verdadeiro caminho é a luz, o conhecimento em si é a luz. Aquele que mais sabe, é mais iluminado!

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

O número 11 pelo Tarot


Toda essa energia em torno do nº 11 com a data de hoje não poderia passar em branco por aqui. Falo um pouco do que essa energia representa dentro do Tarot para que possamos compreender o que pode representar a data que atravessamos.

No Tarot, se tomarmos por base o sistema mais tradicional (Marselha), temos o arcano da Força. Este arcano nos sugere que todos temos uma força interior que em alguns é mais evidente do que em outros, mas que sempre está lá esperando para despertar. É preciso utilizar a força que temos para que seja possível assumir o controle de nossas vidas dominando o medo que sentimos naturalmente, impondo sobre ele a coragem para encarar de frente qualquer desafio.

No Tarot de Waite, que é visto como um sistema moderno comparado ao de Marselha, há uma troca na posição dos arcanos da Força e da Justiça. Sendo assim, por este sistema, teremos relacionado ao nº 11 a Justiça. Este arcano sugere uma boa avaliação dos fatos para que qualquer atitude possa ser tomada com equilíbrio e harmonia.

Unindo os 2 conceitos, podemos levar em conta para nosso próprio benefício cultivar as duas energias citadas, pois será uma grande ajuda para seguir em frente seja no que for!

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

A origem das doenças


Qualquer tipo de distúrbio físico que experimentamos nada mais é do que o resultado de nossas próprias atitudes, seguindo princípios legítimos de ação e reação e do justo merecimento.
Todos os pensamentos que temos ganham forma, dependendo da intensidade com que os criamos e os materializamos, claro que de maneira imperceptível em um primeiro momento. Uma forma de pensar equilibrada e harmônica produz uma harmonia orgânica, assim como sequências desenfreadas de idéias conflitantes nos tiram de nosso eixo e provocam a desarmonia orgânica.
Essa desarmonia orgânica, esse conflito gerado por uma tentativa de fuga daquilo que somos se refere aos desejos terrenos ou submissão à persuasão externa se sobrepondo ao nosso interior. Na alma carregamos um projeto de vida, ideais adequados para nosso equilíbrio e ajustes na personalidade que são necessários para o momento. Se em algum momento fugirmos do nosso propósito de alma, então causamos um conflito interno, que se apresenta como um desequilíbrio emocional que vai tomando forma cada vez maior até a exteriorização em forma de doença.
É necessário sempre uma avaliação para buscar a origem dos males ao invés de somente tratar os seus efeitos. Os efeitos são importantes sim, mas para que sirvam como guias que nos conduzam à causa de um problema. Se os efeitos de uma doença tomam toda a nossa atenção a ponto de não nos preocuparmos com a causa, então tomamos apenas medidas paliativas.
A terapia floral é uma importante ferramenta para tratar a causa dos males, já que por uma avaliação do "doente", o terapeuta se preocupa em identificar qual foi o conflito gerado que ocasionou todos os problemas posteriores.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

A Lua no baralho cigano e no tarot



A carta da Lua está presente no baralho cigano e no tarot, porém não é vista da mesma forma nos dois oráculos. Interpretando os significados de uma forma simples, temos o seguinte:
No baralho cigano é uma carta que traz uma conotação mais positiva, representando honras e glórias que podem ser conquistadas com um trabalho mais intuitivo, pedindo para que se trabalhe melhor o interior e encontrando assim as respostas necessárias.
Já no tarot, a Lua se refere mais a algo oculto, pedindo para se ter cuidado com ilusões ou mentiras. Mostra também uma situação de distancia da realidade, onde o indivíduo é impedido de conhecer a verdade ou vive iludido. A sugestão com este arcano é a busca do autoconhecimento e da sensatez, do senso de realidade. Pode significar também a confiança na própria intuição.
Cada carta, seja do baralho cigano ou tarot, pode mostrar um lado positivo ou negativo e isso depende do contexto onde há a pergunta e as combinações em um jogo. Sendo assim, não é tão simples dizer de cara se uma carta é boa ou ruim.







A imagem acima e à esquerda é A Lua no Pictorial Key Tarot
A imagem abaixo e à direita é A Lua no Mystical Lenormand

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Como agem os florais?


O reino vegetal se alimenta de 2 fontes de energia: a telúrica (da Terra), que é absorvida pelas raízes, e a vital (Prana), que é absorvida pelas folhas. A flor é a parte mais sutil e evoluída de uma planta, e é justamente onde se concentra o fluido energético vital que, ao se misturar com a energia solar durante o preparo,  produz reações moleculares.
O floral promove a interação do soma (corpo físico) com o duplo etérico (corpo sutil), fornecendo energia vital que é absorvida pelos chacras e conduzida pelos meridianos até a nossa estrutura material, atingindo o sistema circulatório. Através da circulação, esta energia vital atinge o sistema nervoso central, promovendo o ajuste emocional necessário em cada caso.
O tratamento é realizado no campo emocional e, assim sendo, tanto pode atuar como cura quanto como prevenção de diversos males. Se o emocional está equilibrado, então as energias deletérias ou de baixa vibração não conseguem atingir o corpo físico somatizando uma enfermidade. A causa principal de qualquer enfermidade é supra-física e os sintomas são apenas as consequências ou efeitos, os quais são combatidos pela medicina ortodoxa. Se não buscarmos eliminar a causa, passado algum tempo da melhora com um tratamento medicamentoso, o indivíduo tende a somatizar novamente uma doença já que sua forma de pensar e sentir não foi corrigida.
Ninguém se prejudica com o uso de florais e, se prestarmos um pouco de atenção, todos nós temos a indicação de ao menos uma essência que seja em qualquer momento da vida, já que todos estamos sujeitos ao estresse, ansiedade, medos diversos, fadiga, pressão, temos prazos a cumprir, contas a pagar e tudo o que queremos é poder manter o equilíbrio diante de tudo isso.

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Humor do dia pelas cartas do tarot


Uma forma interessante de conhecer como está seu humor no dia e, principalmente, o que pode interferir e como manter o equilíbrio.

São 3 casas:

1- Humor do dia
2- Interferência
3- Equilíbrio

Na imagem, a casa 1 é ocupada pela Temperança, a 2 pela Imperatriz e a 3 pelo Carro e 9 de Copas (combinação entre arcano maior e menor, opcional).

Uma interpretação simples pode dizer que neste dia há um estado de tranquilidade, e que a vaidade ou gastos excessivos e/ou desnecessários podem interferir, gerando uma dívida que irá incomodar. Para o equilíbrio, é sugerido exercer o autocontrole, pois a beleza está em tudo o que existe e não é preciso ter algo mais para se sentir melhor.

sábado, 22 de outubro de 2011

Tarot diário


O trabalho com o Tarot não é possível somente buscando a intuição se não houver conhecimento. Se o tarólogo não conhece a mensagem que traz um arcano, ele vai querer que sua intuição lhe responda o que? Fazer isso, guardadas as proporções, seria como sair de casa tendo um destino mas não conhecer o caminho, e então confiar na intuição para pegar um ônibus certo e chegar onde precisamos.
Apenas o estudo (conhecimento e memorização) também não é o suficiente, pois aí o tarólogo esbarra na interpretação, sendo este o momento da "prática", de aplicar o seu estudo.
Por isso, aos interessados na utilização das cartas de Tarot, seja para uso pessoal ou profissional, sugiro aqui uma tiragem para prática diária, onde a interpretação pode ser treinada, e assim o tarólogo estará muito mais afiado para quando oferecer uma consulta.

Tiragem com 3 casas

- Casa 1: Carta do dia (aspectos importantes para o dia que há pela frente)
- Casa 2: O que exige atenção (algum fato ao qual atentar durante este dia)
- Casa 3: O que expandir (algo que seja interessante desenvolver ao longo do dia, para próprio benefício)

Nesta tiragem, podem ser usadas apenas 3 cartas utilizando todo o baralho, e então as casas serão ocupadas por arcanos maiores ou menores isoladamente. É possível ainda utilizar 6 cartas, com a combinação em cada casa de 1 arcano maior e 1 menor. Além do treinamento, esta tiragem diária também é de grande benefício para o tarólogo, que passa a conduzir melhor seu cotidiano.

Obs: Método a ser utilizado para quem conhece o Tarot através de estudo. Como dito anteriormente, não irá resolver espalhar as cartas na mesa e tentar saber o que dizem sem conhecer seu significado.

sábado, 15 de outubro de 2011

Meditação criadora


Exercício:

O proposto é transformar em sua vida aquilo que você não quer que te acompanhe para algo que deseja.

- Procure de preferência um lugar calmo;
- Feche os olhos e respire profundamente durante 1 minuto, buscando se desligar do mundo que há em volta e partindo para seu interior;
- Tente trazer nesse momento, após um relaxamento inicial, tudo o que incomoda. Tente visualizar cada um de seus problemas bem na sua frente;
- Após dar forma ao que é negativo, visualize como quer que isso seja transformado para que possa obter a paz que deseja alcançar;
- Neste momento, visualize uma fogueira grande em sua frente, bem no centro de seus problemas. A chama do fogo é de cor violeta e é um fogo que arde, você pode sentir o calor em seu  rosto. A cor violeta é a utilizada para reciclar, ou como é mais comumente falado, transmutar aquilo que é negativo para o positivo;
- Após a realização da transmutação, visualize sobre você uma chuva de pó fino dourado, que servirá para concretizar aquilo que idealiza.

Este é um exercício para treinamento mental, sendo a nossa mente a chave para tudo o que precisamos tratar na vida, o lugar onde estarão todas as respostas. O tempo de cada etapa deste exercício meditativo é estabelecido por cada pessoa, pois cada um conhece a intensidade daquilo que deseja transformar em sua vida.
Pense que pode, pois você realmente pode até que se prove o contrário, o que também só será provado se você deixar. Seja dono de suas idéias.

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Tarô: Caminhos da vida


O Tarô é um oráculo e, sendo assim, é interessante saber primeiro o que é um oráculo, para então saber o que é o próprio tarô. Uma consulta simples em dicionário nos traz termos como profecia, revelação, palavra inspirada ou o que mais me agrada: Resposta dada por divindade a quem a consulta.
Em muitos momentos da vida temos dificuldade em saber que decisão tomar, fazer ou não fazer, agir ou não agir, etc. e alguns desses momentos acabam nos causando sofrimento, conflitos internos e angústia em função da necessidade de se tomar decisões, pois estas implicam em uma sequência em nossas vidas. Ao consultarmos o tarô, um oráculo, é como pedir um auxílio e obter uma resposta que, apesar de não ser 100% garantida (pois nada na vida é) no mínimo pode nos mostrar um caminho, que antes não tínhamos condições de visualizar (isso quando não mostra o caminho e de que forma segui-lo!).
Se trata de uma ferramenta de auto-conhecimento, o que significa conhecer os próprios limites para saber de que forma agir. Não nos mostra respostas que são imutáveis, ou seja, o que é mostrado pode ser mantido ou alterado levando em conta o livre arbítrio e atitudes que interfiram no destino. Tendo isso em mente, há dois aspectos importantes: Primeiro - Se o tarólogo ou quem está se consultando tentar mudar a resposta mostrada por uma simbologia (arcano - carta ou lâmina) buscando substituir a carta, estará querendo modificar aquilo que foi captado como a energia do momento do consulente, o que representa o mais próximo de sua realidade atual. Segundo - O tarô como uma ferramenta que não é imutável, é útil para o "estar" e não para o "ser", ou seja, nos mostra o que se refere ao momento da vida de alguém e não uma situação que seja para a vida toda, como o que poderia dizer a numerologia por exemplo, sendo possível utilizá-la em conjunto com o tarô procurando assim o conhecimento sobre quem somos e o que estamos vivendo.
O tarólogo não é um paranormal, um místico ou o que quer que seja neste sentido. É alguém que se propôs a estudar um oráculo de forma sistemática e que provavelmente iniciou seu estudo conhecendo seus próprios caminhos através das cartas e, ao conhecer esta arte, que é patrimônio de sabedoria da humanidade, decidiu também auxiliar seu semelhante prestando uma atividade para o bem deste.
Acima de tudo, o tarólogo possui conhecimento que é adquirido com estudo. A intuição pode fazer parte do trabalho, mas ela sozinha não daria direcionamento algum se não houvesse por parte do profissional o conhecimento sobre a ferramenta que utiliza, e assim é com qualquer outra atividade na vida. Seja qual for nossa profissão, usamos simultaneamente conhecimento e intuição, racional e emocional.

*Para falar tudo a respeito do tarô, seria preciso muito mais que um simples texto como este, havendo vasta literatura sobre o assunto. A intenção aqui foi apenas elucidar brevemente o tema!

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Música de alto astral - Macaco/Estopa - Con la mano levantá


Música faz bem para a alma e a partir de agora será também parte do conteúdo de O Astral em Nós!

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Um novo horizonte


Seguir em frente é sempre o melhor a fazer, em qualquer circunstância. Mais adiante sempre há algo melhor que nos espera e é ao encontro disso que devemos caminhar.
Encarar a vida de forma positiva é uma arte para a qual não é necessário nenhum talento especial, bastando para isso estar vivo. Há uma chama dentro de cada um de nós, que para ser acesa basta a vontade de seu próprio dono.
Se passamos por dificuldades, são experiências que necessitamos viver para nosso próprio aprendizado e nossa evolução como seres espirituais que somos. 
Logo ali, não muito longe, há algo de bom para você que está lendo esta mensagem, há algo que vem de encontro em seu caminho e você decide abraçar ou não cada oportunidade como esta. Logo ali há um novo horizonte e você pode visualizá-lo da forma como quiser, sendo que o que pensamos cria forma. Sendo assim, você pode criar seu próprio horizonte e abraçá-lo quando sua criação surgir em seu caminho.

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Radiônica


Considerando-se o que é conhecido como terapia vibracional, onde se verifica a frequência vibratória do indivíduo ou de um ambiente, a Radiestesia é a ferramenta de diagnóstico e a Radiônica, a de tratamento ou cura. Assim, normalmente um radiestesista é também um radionicista, fazendo a constatação de qualquer tipo de desequilíbrio e conhecendo as ferramentas para o equilíbrio.
A frequência vibratória, verificada através de gráficos radiestésicos e pêndulo, nos permite conhecer se aquilo que analisamos está em harmonia ou desarmonia energética. Se um indivíduo encontra-se em estado de desarmonia, desequilibrado energicamente, compreende-se que ele está predisposto a desenvolver um sintoma físico que pode gerar alguma patologia, levando em conta que todo distúrbio manifestado no corpo físico inicia seu processo em nosso campo mental e/ou emocional. Nosso corpo físico é chamado de Soma, onde são somatizados todos os nossos pensamentos, sentimentos e ações, nos mostrando algum alerta quando necessário agir diferente ou tomar outra postura diante da vida. Se um ambiente está desarmonizado, então os indivíduos que ali vivem estão captando estas energias e estão predispostos ao desequilíbrio, vivenciando sensações negativas em seu cotidiano.
A Radiônica, neste contexto, nos traz ferramentas que são identificadas através da pesquisa radiestésica como as mais adequadas para nos harmonizar, permitindo assim maior qualidade de vida e nos privando inclusive de alguns males. Esta ciência trabalha com gráficos e outros utensílios para que possamos viver equilibrados, sendo possível neutralizar algum tipo de energia nociva que causa desequilíbrio (como a de aparelhos eletrodomésticos, celulares, etc) ou ainda provocar a emissão da energia mais adequada em cada caso, sempre visando o equilíbrio e bom estado de saúde.
A imagem que acompanha este texto, por exemplo, é um gráfico radiônico que tem função de harmonização e proteção, capaz de equilibrar energicamente um ambiente.
A vida merece ter qualidade e devemos conhecer o que pode nos trazer benefícios!


quinta-feira, 29 de setembro de 2011

O que é a Radiestesia?


Radiestesia é uma palavra originada a partir de duas outras do latim: Radius (radiações) e Aisthesis (sensibilidade). Dessa forma, a radiestesia é a sensibilidade às radiações. Todo objeto animado ou inanimado e, portanto, pessoas ou objetos e até lugares, emitem frequências vibratórias que somos capazes de captar, através de sensores naturais que possuímos em nosso corpo. Os instrumentos radiestésicos, como o pêndulo, dual rod, etc, amplificam nossa capacidade de percepção natural a qualquer tipo de frequência vibratória emitida por outra pessoa ou objeto e, assim, nos permite constatar se essas emissões são positivas ou negativas e até que ponto podem nos equilibrar ou desequilibrar.
Tendo isso em mente, é possível calcular o quanto a radiestesia pode ser útil no dia a dia, já que com ela podemos identificar com o que estamos melhor sintonizados, ao que mais nos afinizamos e o que pode nos trazer maior equilíbrio e consequentemente saúde mental, emocional e física. É uma técnica que estabelece a ponte entre o consciente e o subconsciente e, se levarmos em conta que temos uma capacidade racional que gira em torno de 10%, sabemos que os outros 90% correspondem ao que sentimos, ou seja, ao emocional. Nosso subconsciente é nossa mente emocional, que tem muito a nos mostrar e a radiestesia é a ferramenta que torna isso possível!

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Estudo radiestésico do baralho cigano


Em uma pesquisa energética das cartas do baralho cigano utilizando o pêndulo, verifiquei as emanações de cada carta, buscando analisar seu padrão positivo ou negativo.
Cada carta do baralho apresenta sua interpretação positiva e negativa, dependendo de cada pessoa que faz a leitura ou até mesmo da forma como se dispõe o baralho com casas pré-estabelecidas. No entanto, a intenção aqui foi identificar o que cada carta emana espontaneamente, sem nenhum tipo de interpretação e visando usar o baralho para consulta de respostas do tipo "sim" ou "não" de maneira rápida. Assim, qualquer pessoa pode utilizar o baralho cigano para decisões em seu cotidiano!

1 - Cavaleiro: positivo (sim)
2 - Trevo: negativo (não)
3 - Navio: positivo (sim)
4 - Casa: positivo (sim)
5 - Árvore: positivo (sim)
6 - Nuvens: negativo (não)
7 - Serpente: negativo (não)
8 - Caixão: positivo (sim)
9 - Flores: positivo (sim)
10 - Foice: negativo (não)
11 - Chicote: negativo (não)
12 - Pássaros : positivo (sim)
13 - Criança: positivo (sim)
14 - Raposa : negativo (não)
15 - Urso: positivo (sim)
16 - Estrelas: positivo (sim)
17 - Cegonha: positivo (sim)
18 - Cachorro: positivo (sim)
19 - Torre: positivo (sim)
20 - Jardim: positivo (sim)
21 - Montanha: negativo (não)
22 - Caminhos: negativo (não)
23 - Rato: negativo (não)
24 - Coração: positivo (sim)
25 - Anel: positivo (sim)
26 - Livro: positivo (sim)
27 - Carta: positivo (sim)
28 - Homem: positivo (sim)
29 - Mulher: negativo (não)
30 - Lírios: positivo (sim)
31 - Sol: positivo (sim)
32 - Lua: positivo (sim)
33 - Chave: positivo (sim)
34 - Peixes: positivo (sim)
35 - Âncora: positivo (sim)
36 - Cruz: positivo (sim)

Observações:

- É interessante dizer que com as cartas trabalha-se bastante a intuição e, portanto, não irá resolver muito fazer disso uma loteria, sendo mais correto realmente mentalizar um resultado e confiar em seu oráculo;

- Para aqueles que possuem conhecimentos e prática em radiestesia e trabalham com o pêndulo, talvez possam fazer sua própria pesquisa, comparando as respostas e, se algo for diferente, utilizar aquilo que sair de suas mãos pois será uma energia mais adequada por ser individualizada;

- Antes de haver alguma queixa feminina, vale lembrar que o homem apresenta pólo positivo e a mulher o pólo negativo, onde são apenas padrões vibratórios diferentes, sem que um seja bom e outro ruim. Por isso, foi natural que nesta pesquisa a carta do homem fosse identificada como positivo e a da mulher como negativo!

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Desapego material


Os bens materiais nos servem apenas como veículo para que possamos realizar nossas tarefas diárias e suprir nossas necessidades físicas. O que vai além disso, foge dos propósitos divinos e se torna supérfluo aos nossos verdadeiros sentidos.
Aquele que se amarra às ilusões da carne, mais cedo ou mais tarde será surpreendido por sua própria escolha, pois ela se mostrará não ser a mais acertada. Sendo assim, é interessante que se possa cultivar com maior amor os bens que pertencem à alma, como o sentimento de caridade, de pensamentos elevados e de olhar sempre ao mais necessitado, para ver de que forma é possível levar a este "infeliz" um pequeno auxílio. É preciso perceber que vivemos todos em uma imensa corrente e que quando se despreza a necessidade alheia, nada mais se faz do que quebrar o próprio elo de ligação com a vida. Em uma corrente todos os pontos devem ser fortes, já que se ela se rompe, não importa em que parte, o prejuízo será sentido por todos.
Seguir em frente com os pensamentos n'Aquele que nos guia é a decisão mais acertada, seguindo seus princípios sem mistificações.

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Magnetização da água


Muitos conhecem a prática da magnetização da água em centros espíritas, onde normalmente se leva uma garrafinha até o local para que seja feito o procedimento. Sempre se diz que o efeito desta água é benéfico após a magnetização, mas... Como isso acontece?

Segue abaixo um trecho retirado do livro "Medicina da Alma" de Robson Pinheiro, onde o espírito Joseph Gleber responde exatamente a essa questão. Posto este trecho apenas para compreensão do tema, e aliás o livro é muito interessante e recomendo a todos.

"O magnetismo é um fenômeno universal que, ao ser utilizado pelo magnetizador, em determinada intensidade, poderá promover a precipitação de ondas magnéticas na água, alterando suas estruturas moleculares, modificando a carga de átomos, aumentando os íons e alterando a velocidade e direção dos elétrons, fazendo com que aquele que recebe os benefícios da água magnetizada receba igualmente maior intensidade energética através dos átomos de oxigênio encontrados na água. Quando a água é ingerida sob a ação do magnetismo curador, os fluidos vitais são acrescidos da vibração magnética específica, desobstruindo os canais por onde circula o prana ou fluido divino, acelerando o fluxo dos fluidos vitalizantes que irrigam o organismo físico e o duplo etérico.
O resultado é logo sentido no aumento do padrão vibratório da parte onde se encontram as carências magnéticas, acelerando-se igualmente o efeito de medicamentos que porventura os irmãos estejam se utilizando e a natural recuperação do enfermo. Mas esses recursos só são eficazes à medida que aquele que recebe a energia magnética se dedicar ao crescimento interior, pela reeducação dos impulsos da alma, pela mudança de vida e elevação moral, únicos meios que conhecemos para reter eficazmente os recursos que são ministrados do Alto".

terça-feira, 28 de junho de 2011

Palavras de iluminação


Tanto nos faz falta um bom sonhador, que já não sabemos por onde anda o velho homem que se esconde por trás de um véu que a vida mundana impõe. Este véu nada mais pode trazer do que a confusão, a falta de clareza... É preciso saber diferenciar as coisas, não é possível adquirir a verdadeira força que nos leva a luz e querer ao mesmo tempo conquistar o mundo. Deus nos diz, façamos nossas escolhas, a divisão desfaz o homem íntegro.
Buscar o aprendizado é necessário para se conhecer o verdadeiro caminho e também é de grande valor a meditação, que nos conduz a uma viagem interna e nos proporciona imensa sabedoria nestes momentos em que nos aprofundamos em nosso conhecimento oculto.
Irmãos de fé, sigam hoje e sempre em direção Ao que ilumina, Ao que proporciona o verdadeiro amor, e não a paixão mundana. Por aqui apenas passamos, sem no entanto nos darmos ao privilégio de um fingimento... O esquecimento pode ser uma benção, pois o temos para nossa proteção, mas de coração todos sabem o que fazem. A justiça com o próximo é nosso dever, a cumplicidade com nossos atos, nossa dignidade.

terça-feira, 14 de junho de 2011

Racionalidade, poder da mente, transformação...


Nunca deixar que o sentimento invada a ponto de cegar. O racional deve ser mantido, ainda que minimamente, para estabelecer o equilíbrio em nossas decisões. O que se vê é que as pessoas são tomadas pela impulsividade e isso compreende um grande número de atrocidades afetivas das mais diversas causas.
Olho no que se pretende fazer e fé no coração é o que há de ser considerado, mas sempre mantendo ativo o plano mental, para então, digo novamente, manter o equilíbrio. Qual a finalidade de se agir impulsivamente sem calcular as consequências dos atos? Aqui estão para aprender principalmente sobre a reflexão e, portanto, devem aproveitar ao máximo essa oportunidade e dela extrair aquilo que puderem, pois é o início de uma nova etapa e se trata de uma preparação mental, pois somente isso irá importar. É preciso conhecer o poder da mente, conectar-se a ele, todos o mantém adormecido sem conhecer seu verdadeiro valor durante toda uma existência, triste fato constatado.
Não se sabe ao certo sobre o futuro com o caminhar das coisas, momentos estes são de definições e tentamos ao máximo despertá-los para que estejam preparados da forma adequada para o momento chave. A maneira como este momento irá se apresentar ainda não é determinada, vocês tem a incumbência de realizar esta transformação, por isso aí estão, devem ir em frente sem temer.

sábado, 4 de junho de 2011

Poder pessoal


O tempo nos traz tudo aquilo que visualizamos em nosso caminho, temos o poder de alcançar o que queremos e o dever de trabalhar nossas faculdades para nosso próprio desenvolvimento.
Basta crer que é possível e assim será, não apenas mera ilusão mas sim realidade. A verdade surge aos olhos daquele que quer ver, as vezes até mesmo salta em nossa frente. Lidar com os medos é essencial, explorar a confiança que há, o amor que está adormecido brota e traz à tona quem somos de verdade, o louro que colhemos satisfaz… Sinceridade…
Não temo pisar em falso, pois sei que cada passo que dou me conduz a aprender e isso é o que pretendi quando aqui cheguei… Daqui preciso levar o que me propuz a fazer. O foco nos mantém firmes, a insegurança nos desvia. Apenas você pode confiar mais do que qualquer outra pessoa, apenas você é tão especial como poderia ser, Deus te fez único(a) para que em sua unidade possa mostrar o que tem… E você tem aquilo que desejar!

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Rainha do mar

A brisa que vem do mar na forma de vento na areia, traz os fluidos da mãe d’agua para bater no coração de seus filhos. O amor que vem de lá é mais forte que qualquer tristeza, saiba viver em você do jeito que pede a sereia.
Seu canto, doce canto, chega de mansinho e envolve, traz a paz que conforta e clareia. Agir com clareza é primordial para seguir em busca das conquistas, por isso escutar a sereia… Doce Iemanjá, que traz amor e paixão, que cura toda dor, nos envolve em seu calor, sim… É quente o abraço das águas que bate na alma, a onda que quebra no coração sem despedaçar, que recompõe, só ela tem tanto amor.
Da imensidão azul de seu reino, ela vem até nós… Da pequenina parte da obra Divina que sou, eu vou até ela. Que sua luz gere mais amor entre os homens, que os homens gerem a paz que ela quer, paz esta que ela nos traz e nos basta sentir.
Odoyá Iemanjá, ela é a rainha do mar.

domingo, 29 de maio de 2011

Oração cigana do amanhecer


Salve o Sol, a Natureza, o Orvalho da Manhã
Salve Deus todo Poderoso, que me dá a felicidade de tomar a benção de toda a Natureza
Salve o Vento, o Sol, a Chuva, as Nuvens, as Estrelas e a Lua
Salve as forças das Águas, a Terra, a Areia e o Solo fértil!
Que belo seja seu remédio!
O Pão que parto à mesa, seja multiplicado!
O trigo que trago comigo, seja minha propriedade
O universo me abrace
E que os quatro elementos: Terra, Fogo, Água e Ar, me dêem forças necessárias
para todas as dificuldades de minha vida
Meus caminhos sejam abertos, hoje e sempre, com toda a pureza dos Elementais
e dos Anjos Mensageiros de Deus.
Amém!

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Movimentar as energias, renovar a vida...


Será preciso mudar a vida?


Vida maluca, vida doida… Um dia se sabe o que quer e no outro já não mais. Quem é que pode conhecer o verdadeiro caminho para encontrar a paz? Não lembro mais de quem já fui, preciso me decidir sobre quem sou, ouvir o coração será o melhor caminho, não há dúvida.
Incertezas eu terei, planos novos, planos velhos, tanto faz… É preciso sentir no peito o que a vida pede, um passo a frente em direção a novos rumos. Lembranças, o vento às vezes traz, mas elas servem para mostrar que é preciso seguir buscando a vida, pois caso contrário as lembranças se perdem, as mais antigas ficam sem foco, não se pode mais lembrar do que houve e não há nada para registrar agora. Qual a razão?
O vento move aquilo que fica parado sobre a terra, mostrando que nada pode permanecer por muito tempo na mesma posição, é preciso movimentação, abrir mão do que já passou, apagar ou desconsiderar alguns fatos para abrir espaço no coração, onde pode caber mais alguém.
Um dia nos damos conta de que tudo passou em nossa frente e não soubemos captar. Deve ser dura a dor de ver um vaso se quebrar e saber que por mais que se una os cacos, nada será como foi um dia. Esse vaso irá se quebrar, não há dúvida… Por mais resistente que seja, não irá resistir ao tempo, o implacável tempo. O que pode importar a esse vaso é saber que no tempo em que era forte, podia cultivar sempre lindas flores. Pode estar faltando uma flor…

quinta-feira, 12 de maio de 2011

Arriscar para mudar


Nem sempre  conseguimos fazer a coisa certa, mas devemos sempre ao menos tentar. Na vida nada pode ser previsto e, portanto, tudo é incerto.
O que é preciso é ter coragem de arriscar, de fazer novas tentativas caso algo não esteja caminhando bem. Se a decisão tomada será acertada, se será a melhor, quem é que sabe? Mas ao menos foi uma tentativa.
Estamos aqui na condição de aprendizes e, assim, se algo que fazemos não sai da melhor forma, nos serve de experiência e da próxima vez é só fazer diferente. O que não é uma boa é manter sempre tudo como está, pois a vida é dinâmica e pede movimentação.
Tudo isso tem um pouco a ver também com humildade além da coragem já mencionada. Humilde é aquele que diz não saber e tem a oportunidade de aprender, e esse é esperto. Digamos que iludido é aquele que diz saber e perde a oportunidade de aprender, simplesmente pelo fato de não ceder ou querer possuir alguma razão sobre determinado fato.
Humildade para aprender, coragem para mudar, saber arriscar… Tudo isso importa. Na nossa infância, arriscávamos mais, não tínhamos a capacidade de calcular as consequências de nossos atos e víviamos felizes assim. Na vida adulta, isso não é possível da mesma forma pois nossas atitudes tem um reflexo maior já que agora respondemos por nossos atos. Mas não custa lembrar um pouco de nossa infância e em algumas situações agir pelo instinto ao invés do puro racional. Muitas vezes, sair de um problema é mais fácil do que parece…

terça-feira, 10 de maio de 2011

Encontrando a Felicidade

Vamos fazer de nossos dias algo mais que simplesmente dias vazios onde se acorda e se deita sem que se tenha observado o que há em volta e que se apresenta como oportunidade para que a vida seja diferente, para que mude para melhor.
É interessante avaliar bem cada decisão que tomamos para que isso não nos cause aborrecimentos, pois não há muito espaço para este sentimento nos nossos valiosos dias. Sim, todos são valiosos.
Não há o caminho certo ou errado e sim a forma como nos portamos em cada escolha que fazemos, onde a honestidade entra em jogo. É preciso ser honesto consigo sempre e uma pergunta pode ser feita para começar a história. Essa pergunta é: O que eu faço me faz bem?
Muitas poderão ser as respostas que nos surgem, mas uma situação é muito importante, que é prestar atenção se a atividade que temos é gratificante ou apenas nos aborrece e suga nossas energias. Nesse aspecto, não é possível viver de imagem e sim apenas de satisfação pessoal, pois caso contrário a vida torna-se mais curta. Por isso disse antes sobre a honestidade, para que possamos pensar se somos honestos conosco... Apenas assim podemos ser também com o próximo.
É preciso identificar as oportunidades à nossa volta, explorar a vida para que não sejamos apenas mais um acorrentado ao que querem nos impor. Vamos cultivar a liberdade, acreditar nela... Somente assim chega-se a algo chamado "Felicidade".

domingo, 8 de maio de 2011

Boa semana!


Desejo a todos uma boa semana, com muita força para encarar as dificuldades que possam surgir, prosperidade nas atividades que tocamos, satisfação pessoal, brilho e muita energia, e que esta possa irradiar aos que estão à nossa volta e contagiar a todos de uma forma positiva.
Essa é a mensagem que nos traz a carta da força, representada pelo sol no baralho cigano, e é a mensagem que compartilho com todos vocês e desejo que essa energia nos acompanhe em cada momento.

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Um dia...



Um dia…

Busquei ser mais daquilo que sou;
Desejei ter mais daquilo que tenho;
Dei mais valor a coisas menos importantes;
Reclamei sem razão;
Valorizei os meus problemas e menosprezei as minhas virtudes;
Não soube partilhar do que me foi dado;
Tive pena ao invés de amar;
Me faltou atenção a pequenos detalhes que possuem grandes significados;
Subestimei a quem poderia ter respeitado;
E outras coisas mais…

Com isso tudo pude perceber quanta coisa a vida ensina e tudo isso
está em cada momento bem na nossa frente. Você já tentou ver onde está
errando? Com quem está errando?

O primeiro passo para acertar é reconhecer o próprio erro e trabalhar
a partir disso. Basta refletir um pouco e fica mais fácil identificar,
pois sempre podemos melhorar nossa condição diante do próximo.

A forma como tratamos alguém mostra quem somos. Quem você quer ser?

terça-feira, 3 de maio de 2011

Síntese da vida


Cada momento que a vida apresenta deve ser bem aproveitado, seja bom ou ruim.  Se o que vivemos é bom, então é porque assim merecemos e é claro que se algo nos é dado é para que possamos disfrutar disso. Se o que vivemos é ruim, então significa que é preciso aprender com isso alguma lição importante para que tenhamos a oportunidade de mudar em algum aspecto que não caminhava bem.
De qualquer forma, o que recebemos é de acordo com o nosso merecimento e, sejam bons ou maus momentos, é a nossa vida e isso não diz respeito a mais ninguém. Aquilo que é melhor ou pior, apenas nós sabemos e portanto não se deve pedir opiniões, pois se há algo do que se arrepender, que seja por nossos próprios atos e não por aqueles que alguém quis que praticássemos.
Vamos ousar, rir, chorar, ir em frente, recuar, pensar, repensar, agir e o que mais der vontade. O melhor momento é sempre agora. O seu momento você conhece, assim como eu conheço o meu. Não podemos nos entregar às ilusões do mundo e muito menos nos entregar à corrupção. Não me refiro à corrupção capitalista e sim à submissão a quem quer te influenciar e mudar o seu caráter, te afastando assim de sua verdadeira essência.
Seja quem você é de verdade, pois somente assim poderá viver a vida como ela te pede para ser vivida.

domingo, 1 de maio de 2011

Atenção com a saúde


Texto retirado de um informativo, para fazer pensar:

O resfriado escorre quando o corpo não chora;
A dor de garganta entope quando não é possível comunicar as aflições;
O estômago arde quando a raiva não consegue sair;
O diabetes invade quando a solidão dói;
O corpo engorda quando a insatisfação aperta;
A dor de cabeça deprime quando as dúvidas aumentam;
O coração desiste quando o sentido da vida parece terminar;
O peito aperta quando o orgulho escraviza;
A pressão sobe quando o medo aprisiona.

Toda "doença" física que temos nada mais é do que algo criado em nosso pensamento se materializando em nosso corpo físico.
As emoções tem papel fundamental em nosso estado geral de saúde. Colhemos somente o que plantamos, sendo um a consequência do outro.
Não deixe de se cuidar em cada momento, pois uma atitude mental formada hoje, inevitavelmente reflete na saúde em seguida.

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Muitos chamados, poucos escolhidos


Muitos são convidados a uma aproximação com sua fonte para todas as questões individuais, mas poucos escolhidos a conhecê-la. Falo de autoconhecimento, da capacidade de cada um de poder enxergar o que há dentro. Quem é que a desenvolve?
Todos podemos acessar a intuição e saber o que deve ser feito em cada momento, mas muitos preferem se distrair com o que há em volta. E há de tudo por aí para nos distrair... Você conhece alguém que se prende a noticiários diários que só falam de tragédias? Você conhece alguém que passa o dia pensando no próximo capítulo da novela? Ou você é assim? Hora de mudar...
O momento, mais do que nunca, é de se livrar dessas distrações diárias que nos cercam e fazem com que nosso autoconhecimento e evolução pessoal sejam dificultados, pois isso é interessante para quem quer te controlar. Quer viver sob controle ou prefere conhecer a liberdade de pensamento?
Disse que muitos são chamados, mas acredito mesmo que todos são chamados... Porém, poucos são os escolhidos porque apenas estes souberam dar valor ao que mais importa. Você pode ser o próximo escolhido, basta decidir sobre isso.

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Cabeça erguida


Todos passamos por momentos difíceis, todos somos submetidos a lidar com algo que não temos vontade. As dificuldades sempre estarão presentes em nossas vidas e não podemos evitá-las, não de todo, mas em parte sim. Alguns problemas que surgem são fruto de algum comportamento nosso que não está sendo adequado ou mesmo uma idéia que estamos cultivando que não é a melhor para o momento, e aí recebemos os alertas, que surgem em formas de abençoados problemas, mostrando aquilo que devemos enxergar e transformar.
As dificuldades que não podem ser evitadas pois fazem parte de nosso processo evolutivo, devem ser encaradas com disposição, de cabeça erguida. Dessa forma, teremos maior capacidade para encontrar a resolução de que precisamos em cada momento, além de nos fazer perceber que a vida não é só problema, há sempre o lado positivo, que é melhor aproveitado se pudermos nos sintonizar com ele.

terça-feira, 26 de abril de 2011

A união


Estamos aqui para caminhar juntos rumo à nossa evolução. Temos habilidades diversas, que podem ser usadas a nosso favor e, aquilo que tenho, servirá muito bem a alguém, assim como eu também posso precisar de algo que outra pessoa tenha para me oferecer.
Fomos moldados dessa forma, pois assim nos lembramos de que devemos caminhar juntos, uma vez que se tivesse tudo aquilo que preciso, não haveria necessidade de procurar alguém quando queira uma ajuda. A minha força serve a você, pode te orientar, pode te reerguer caso esteja em um mau momento, assim como também preciso de você. Devemos nos tornar um único ser, rumo à nossa verdadeira essência, que é a da comunhão.
O Criador desejou que fosse dessa maneira, para que sempre pudéssemos nos recordar de que precisamos uns dos outros. O isolamento vai contra o propósito Maior... A união é o que nos mantém firmes!

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Reflexão


No momento em que tudo se fizer escuro, é importante lembrar daquilo que nos mantém fortes em qualquer situação, que é a fé em dias melhores. Aquele que deseja ser salvo, precisa saber que não pode colocar toda a responsabilidade em seu salvador, mas sim que há também uma responsabilidade de sua parte, sendo necessário criar as condições para estabelecer o caminho possível para ser trilhado dentro de um propósito.
Este propósito pode parecer misterioso, mas no fim é tão claro quanto a luz do sol, pois com ele, é possível alcançar o que se deseja no momento adequado. Temos que nos adequar à vontade do Criador, que é o principal provedor de todas as bençãos que temos condições de receber, graças a Ele somos capazes de realizar todos os movimentos em nossa vida, desde que saibamos quebrar os bloqueios que são impostos em nossa mente, os quais impedem que possamos acessar o verdadeiro caminho e a verdadeira razão para tudo.

domingo, 17 de abril de 2011

Quem é o homem de bem?


É aquele que:

- Tem fé em Deus, em sua bondade, justiça e sabedoria;
- Faz o bem pelo bem, sem esperança de recompensa, pois já é recompensado com essa oportunidade;
- Não tem ódio nem rancor, nem desejo de vingança, perdoa e esquece as ofensas;
- Estuda suas próprias imperfeições e tenta sempre melhorá-las;
- Não se envaidece com o que tem, porque sabe que se lhe foi dado, também lhe pode ser tirado;
- É bom, humano e benevolente para com todos;
- Respeita nos outros todas as convicções sinceras;
- Pratica a lei de justiça, amor e caridade em sua maior pureza

O homem de bem pode ainda fazer mais, mas esse é um pequeno roteiro para se encontrar o caminho certo, que além de levar felicidade a quem precisa recebê-la, também fará feliz ao portador das qualidades.

sábado, 9 de abril de 2011

O justo e necessário


"Façamos aquilo que é justo e necessário em nossas vidas"
"Lidando com os sentimentos mais puros encontraremos as respostas para nossas necessidades"
"Que assim sempre possa ser..."
Nossas atitudes devem ser aquelas que nos impulsionam em direção a única verdade existente e, para isso, devemos fazer o justo e o necessário.
Temos nossas necessidades, que são diversas e representam o nosso dever, pois se estão em nossas mãos é porque de alguma forma foi o que pedimos para ter ou o que nos foi designado para que possamos reparar as nossas falhas.
A justiça deve nos acompanhar em cada passo, de forma que façamos ao próximo aquilo que desejamos a nós, pois assim somos justos com nós mesmos. Não permitam atos de injustiça caso se deparem com eles... É preciso lembrar que aquele que intercede em favor do oprimido tem a devida proteção, pois cumpre com a vontade do Pai.
Para que o mal triunfe, basta que os bons nada façam.

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Trago mensagens de amor...


As pessoas precisam de mais amor para que se crie uma energia melhor onde vivemos, mantendo a fé em Deus e sem preocupação com o que pode acontecer. Apenas o Criador sabe o que é melhor para seus filhos e, assim, cada um deverá aceitar aquilo que receber.
"Sabe filho" aqui nesse mundo, vocês ficam de "zóio tapado" mas os amigos espirituais podem ajudar, vocês nos chamam de guias e assim queremos servir a vocês.
O homem não pode impor barreiras ao trabalho espiritual que pode conduzir muita gente até o caminho da luz.

Mensagem enviada por um grande amigo, para o qual importa mais o que segue escrito na carta do que quem a entregou.

Obs: A mensagem de amor se refere a como devemos nos preocupar mais em nos tornar pessoas melhores para que possamos receber um bom caminho para trilhar. Esse amor se refere ainda a possibilidade de melhorar a esfera em que vivemos pois o benefício dessa ação será colhido por todos.
A fé em Deus será sempre o mais importante pois ele nos reservará somente o que é justo, merecido e necessário.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Somos grãos de areia


Existe muita gente arrogante... Porém, a arrogância é um sentimento que não deve ser cultivado pois não há espaço em nós para isso, somos muito pequenos diante de uma obra tão grande para nos considerarmos tão importantes ao ponto de estar acima de alguém... Somos sim importantes, apenas não mais do que um semelhante nosso.
Vou citar aqui, resumidamente, um trecho de um livro do prof. de filosofia Mario Sergio Cortella, onde ele tem a resposta para alguém que dispara a famosa pergunta "Sabe com quem você está falando?"
Resposta: A ciência calcula que existam em nosso universo aproximadamente 200 bilhões de galáxias, sendo que uma delas é a nossa. Em nossa galáxia, existem aproximadamente 100 bilhões de estrelas, sendo uma delas o Sol e, em volta dele, alguns planetas, dentre os quais a Terra. Em nosso planeta, se calcula que existam 3 milhões de espécies de vida classificadas, sendo que somos uma delas. Esta espécie a qual pertencemos é composta por aproximadamente 6,4 bilhões de indivíduos, sendo que um deles é você.
Você é um entre 6,4 bilhões de indivíduos, pertencente a uma única espécie, entre outras 3 milhões de espécies possíveis, que vive num planetinha, que gira em torno de uma estrelinha, que é uma entre 100 bilhões de estrelas que compõem uma galáxia, que é uma entre outras 200 bilhões de galáxias em um universo que pode não ser o único.
Portanto, quando alguém te perguntar "Sabe com quem você está falando?", pergunte se essa pessoa tem um tempo para que você possa dar a sua resposta. Resumindo, somos grãos de areia diante da Obra Divina.

segunda-feira, 4 de abril de 2011

A vida mundana


Há sempre um conflito muito grande entre espiritualismo e materialismo. Alguns ficam divididos entre estes dois conceitos, já outros são mesmo espiritualistas ou materialistas convictos. Qual a melhor forma de agir?
Somos seres espirituais em nossa essência e vivemos neste momento uma experência humana, portanto estamos realmente entre as duas idéias e seria interessante se soubéssemos aplicar ambas em nossas vidas.
Trabalhar nosso lado espiritual é de extrema importância pois é o âmbito ao qual pertencemos, isso nem se fala. De que forma? Refletindo sobre os erros, buscando melhorias em nossa personalidade, perdoando e praticando a caridade. Se em algum momento já tivermos feito bastante caridade, então só para mudar um pouco a rotina, podemos inovar e fazer mais caridade. Aí sim nosso lado espiritual fica numa boa.
Nosso lado material também precisa de cuidados, pois a nós foi concedido um corpo físico que nos serve de veículo para aprendizado das tarefas que fazem parte de nossa evolução, de acordo com a oportunidade que nos foi dada nesta existência carnal.
Quando digo para trabalhar também o lado material, não me refiro a ter um pensamento materialista visando ganhar dinheiro e gastar no shopping, e sim lembrar que temos nossos deveres dentro da sociedade na qual fomos inseridos, de forma que não é solução querer tentar escapar desse sistema. O melhor caminho é sempre ponderar, sem esquecer de onde viemos mas também considerando o que há para aprender por aqui.

domingo, 3 de abril de 2011

Começando a semana


Mais uma semana se inicia e gostaria de deixar um recado que pode servir a muita gente, pois é algo comum a todos. Passamos por dificuldades e isso nos coloca sempre em momentos de tomar a decisão de como encarar os fatos. As palavras-chave que resumem estas escolhas são: Lamentação ou Superação.
Podemos ficar nos lamentando dos problemas e idealizando uma solução para isso sem mover uma palha ou mudar a ótica sobre o fato, encarando-o como algo que somente vem em nossas mãos pois podemos superá-lo e crescer espiritualmente diante desta tarefa.
O recado de hoje é ter fé e confiança para superar qualquer adversidade, pois assim seremos coroados por nossos esforços.

sábado, 2 de abril de 2011

O Perdão


Como é dito no evangelho, devemos perdoar não sete vezes e sim setenta vezes sete vezes. Nosso Pai não fica somando em uma caderneta o quanto fazemos de mau para ver até onde nos perdoa... É um perdão incondicional.
Não devemos medir o tamanho da ofensa e sim lembrar que quanto maior o perdão, maior é a nossa capacidade de seguir o que somos em nossa verdadeira essência, que é não carregar mágoas, pois não nascemos com nenhum espaço em nosso corpo físico ou astral para armazenar estes sentimentos, que são pesados e nos atrasam, nos impedem de alçar o nosso vôo desejado.
As palavras de perdão devem ser sinceras e não somente da boca para fora, pois somos donos também de nossos pensamentos e responsáveis por aquilo que mentalizamos. Temos a opção de alimentar maus pensamentos ou afastá-los, de forma que o que colheremos ao optar por um desses dois caminhos, já é consequente e não mais opcional. Desta forma, é sábio buscarmos cultivar um bom caminho a seguir, de forma que nos conduza a um merecimento justo diante de nossos atos.
Que assim seja!

quinta-feira, 31 de março de 2011

Dica de leitura: Baralho Petit Lenormand - Teoria e prática


O baralho Petit Lenormand, ou baralho cigano como é mais conhecido, é um guia que pode nos dar todas as respostas que procurarmos para nossas dificuldades diárias, ou quase todas. Serve como uma ferramenta muito importante para desenvolvimento intuitivo, pois estuda-se as lâminas de forma constante, nunca se poderá dizer que não haverá o que aprender.
Qualquer pessoa pode praticar, sendo que uns com facilidade e outros com uma certa dificuldade inicial, assim como qualquer coisa na vida. O fato é que todos nós temos nossas próprias intuições e podemos trabalhá-las usando as cartas, de forma a identificar fatores desencadeantes de dúvidas, tristezas, alegrias e qualquer outro sentimento que possamos vivenciar, pois as cartas podem nos mostrar exatamente o caminho que estamos trilhando a que fim este rumo nos conduzirá. É possível ainda descobrir uma questão que você deve trabalhar no âmbito pessoal ou o que esperar neste dia ou nesta semana por exemplo.
A quem utiliza algum tipo de oráculo para favorecimento pessoal, sabe da veracidade destas informações, e a quem não utiliza, pode parecer bobagem mas fica aqui um convite: Você só saberá do valor destas cartas caso decida aplicar esta ferramenta em seu cotidiano.
O livro aqui indicado, de Geraldo Spacassassi, trata o assunto de forma muito interessante.

terça-feira, 29 de março de 2011

Um passo na evolução

Ir em frente significa ser justo consigo e com os demais, ter humildade e saber reconhecer as próprias falhas e buscar melhoria ao invés de justificá-las como parte de sua personalidade.
Ir em frente é evoluir, e evoluir é libertar-se do passado para atingir o futuro, deixando para trás as mágoas e culpas, pois é preciso libertar-se delas em algum momento. É saber perdoar e cultivar o respeito mútuo, não menosprezar quem quer que seja, pois somos todos iguais vivendo momentos diferentes em nossos processos evolutivos.
O objetivo comum a todos é alcançar o topo da cadeia evolutiva, mas será dado um passo de cada vez compreendendo um longo processo. Muitos passos já foram dados, mas muitos ainda nos restam e esta será uma caminhada mais leve se decidirmos trilhá-la juntos, de mãos dadas e firmes como uma barreira para vencer qualquer obstáculo.