sábado, 2 de abril de 2011

O Perdão


Como é dito no evangelho, devemos perdoar não sete vezes e sim setenta vezes sete vezes. Nosso Pai não fica somando em uma caderneta o quanto fazemos de mau para ver até onde nos perdoa... É um perdão incondicional.
Não devemos medir o tamanho da ofensa e sim lembrar que quanto maior o perdão, maior é a nossa capacidade de seguir o que somos em nossa verdadeira essência, que é não carregar mágoas, pois não nascemos com nenhum espaço em nosso corpo físico ou astral para armazenar estes sentimentos, que são pesados e nos atrasam, nos impedem de alçar o nosso vôo desejado.
As palavras de perdão devem ser sinceras e não somente da boca para fora, pois somos donos também de nossos pensamentos e responsáveis por aquilo que mentalizamos. Temos a opção de alimentar maus pensamentos ou afastá-los, de forma que o que colheremos ao optar por um desses dois caminhos, já é consequente e não mais opcional. Desta forma, é sábio buscarmos cultivar um bom caminho a seguir, de forma que nos conduza a um merecimento justo diante de nossos atos.
Que assim seja!

Um comentário:

  1. Oi amore, as mensagens que vc está postando estão bem legais, sempre que posso acesso paras ler....Parabéns... bjs

    ResponderExcluir