terça-feira, 10 de maio de 2011

Encontrando a Felicidade

Vamos fazer de nossos dias algo mais que simplesmente dias vazios onde se acorda e se deita sem que se tenha observado o que há em volta e que se apresenta como oportunidade para que a vida seja diferente, para que mude para melhor.
É interessante avaliar bem cada decisão que tomamos para que isso não nos cause aborrecimentos, pois não há muito espaço para este sentimento nos nossos valiosos dias. Sim, todos são valiosos.
Não há o caminho certo ou errado e sim a forma como nos portamos em cada escolha que fazemos, onde a honestidade entra em jogo. É preciso ser honesto consigo sempre e uma pergunta pode ser feita para começar a história. Essa pergunta é: O que eu faço me faz bem?
Muitas poderão ser as respostas que nos surgem, mas uma situação é muito importante, que é prestar atenção se a atividade que temos é gratificante ou apenas nos aborrece e suga nossas energias. Nesse aspecto, não é possível viver de imagem e sim apenas de satisfação pessoal, pois caso contrário a vida torna-se mais curta. Por isso disse antes sobre a honestidade, para que possamos pensar se somos honestos conosco... Apenas assim podemos ser também com o próximo.
É preciso identificar as oportunidades à nossa volta, explorar a vida para que não sejamos apenas mais um acorrentado ao que querem nos impor. Vamos cultivar a liberdade, acreditar nela... Somente assim chega-se a algo chamado "Felicidade".

Nenhum comentário:

Postar um comentário