sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

A vida e seus desafios


Sempre estaremos sendo desafiados de alguma forma pela vida e, assim, nosso propósito não pode ser o de querer eliminar os desafios, mas sim aprender como lidar com eles, já que estarão presentes todo o tempo.
Tentar eliminar os desafios da vida é, em outras palavras, fugir das próprias responsabilidades. Sabemos que conseguiremos fazer isso até certo ponto, mas, logo em seguida, de alguma forma seremos cobrados.
Como lidar com os desafios? Como saber a melhor maneira de encará-los? Estas são perguntas que poderão surgir. Torna-se relevante identificar o que nos tira de nosso eixo, de nosso equilíbrio natural. É importante saber que, assim como uma doença física provoca um estresse emocional, o inverso também ocorre. Quanto mais permanecermos submetidos ao estresse emocional, maiores serão as chances de adoecermos.
Nosso organismo funciona em um determinado nível de estresse fisiológico que é necessário. O problema é quando o nível se excede e, claro, maior será o problema quanto maior seja o período em que ocorre o excesso.
Se funcionamos além de nossos limites, despendemos mais energia do que temos e, em algum momento, nosso sistema imunológico sofre uma baixa, podendo ocorrer qualquer tipo de problema físico.
Por esta razão, é importante conhecer a forma que representa o melhor caminho para que possamos encarar nossos desafios sempre utilizando apenas a energia necessária, e não em excesso. Isso se torna possível por meio do autoconhecimento. Veja o que te aborrece e comece a prestar atenção, tente mudar o que for possível ou adequar as situações à sua maneira. Para o que não é possível conseguir por conta própria, existem as mais diversas modalidades de terapias com enfoque holístico para auxiliar neste processo, e é justamente onde entram os florais, ervas, radiestesia, massagens, acupuntura, reiki, etc.
Em algum momento da vida talvez possa valer a pena procurar por estes recursos... Já pensou nisso?

Nenhum comentário:

Postar um comentário