quarta-feira, 25 de abril de 2012

Observações Cotidianas


Nosso cotidiano é formado por pequenos momentos que, quando unidos, compõem a grande obra que é a vida que levamos. Estes pequenos momentos são construídos pela vivacidade e pelo prazer das coisas simples existentes neste mundo.
Temos a ilusão de que a felicidade é encontrada por detrás de ideias mirabolantes, sem no entanto recordarmos de observar todo o potencial de vida que nos cerca. A vida é um constante movimento, está ao redor o tempo todo e, se algo não está conforme o desejado, provavelmente esta condição foi criada para que algo mais possa ser observado.
Em dados momentos, as coisas estacionam contra a nossa vontade. Cabe a nós extrair desse tempo aquilo que a vida deseja nos mostrar e que não seríamos capazes de notar se fosse diferente. Cabe a nós compreender que, ao ignorar os simples prazeres da vida, jamais criaremos condições de atingir maiores proporções em qualquer aspecto de nossa existência.

Crédito da imagem:
http://sohamsoham.blogspot.com.br/2009/11/inspiracao-beija-flor-vermelho.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário