quinta-feira, 9 de julho de 2015

As Mudanças

Para iniciarmos este estudo, tomarei como ponto de partida a carta da Cegonha, a qual nos proporciona o conceito de mudanças, sendo que as demais cartas enriquecerão o que temos a dizer através da combinação formada. Uma possível interpretação da carta da Cegonha é a de expectativa por situações inesperadas, mas também é possível pensar na construção de novas situações que melhor atendam aos nossos propósitos.

Mudar é necessário, pois cada situação que vivemos tem seu tempo útil para acontecer. Mudanças envolvem crescimento e assimilação de novos conceitos, os quais, aos poucos, nos tornam mais preparados para lidar com as batalhas diárias. De modo geral, as mudanças mais positivas são aquelas que promovemos, aplicando energia. Deste modo, exercemos o poder pessoal para moldar a vida à nossa maneira, sem dependermos exclusivamente dos fatores externos.

Ao analisarmos a carta da Criança, tomaremos os conceitos de encarar a vida com alegria e suavidade, sem levar tudo tão a sério. A criança, na condição de ser humano em formação, tem expectativas e sonhos, acredita que pode chegar onde deseja, sendo esta uma característica que costuma faltar aos adultos, já marcados por decepções e apegados ao sofrimento que imobiliza.

O Cachorro simboliza lealdade e amizade, mostrando-nos que não estamos isolados neste processo, sendo possível encontrar alguém em quem se possa confiar. Aliás, a primeira pessoa em quem devemos confiar está diante do espelho, pois a imagem refletida irá dizer se acreditamos em nosso potencial e, ao mesmo tempo, somos capazes de buscar crescimento mantendo valores humanos essenciais. Se isso faltar, não adianta buscar apoio naqueles que estão ao redor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário