sábado, 30 de junho de 2018

Os caminhos de Hecate


Hecate, também chamada de Perseia, segundo a mitologia era filha dos titãs Astéria - a noite estrelada e Perses - o deus da luxúria e da destruição, mas foi criada por Perséfone - a rainha dos infernos, onde ela vivia. Por este motivo, é uma deusa que foi temida por muitos (e continua sendo), em função de seus domínios sobre as sombras.

Apesar de Hecate ser associada ao panteão grego, há dúvidas a respeito de sua origem, uma vez que o próprio território grego não era bem definido se voltarmos o nosso pensamento aos tempos antigos onde os cultos pagãos se desenvolviam ostensivamente.

Hecate nos fala sobre a importância da mudança, acompanhada da necessidade de libertação do passado, especialmente quando se trata de lembranças que atrapalham o nosso próprio crescimento e evolução. Com sua força, a deusa auxilia aqueles que a procuram para que as mudanças e transições naturais da vida sejam aceitas.

Se você desejar a intervenção de Hecate, entretanto, deve preparar-se: ela poderá te pedir para abandonar o que é familiar e seguro, a fim de viajar aos lugares mais assustadores da alma. A maioria das pessoas teme o desconhecido, então prefere ficar onde está, por comodidade. Contudo, a maior parte das pessoas ignora que no escuro, muitas vezes, é onde uma direção pode ser encontrada.

Novos começos, sejam espirituais ou mundanos, nem sempre são fáceis, mas Hecate, como a deusa dos caminhos, poderá proporcionar ensinamentos importantes sobre o que devemos seguir.

YouTube: Diálogos com Baralho Cigano

Nenhum comentário:

Postar um comentário