quinta-feira, 12 de julho de 2018

O Altar


Há muitas formas de se organizar um altar e ele é, sem dúvida, algo completamente pessoal. O altar é o ponto de força que você organiza para estabelecer a sua conexão com a espiritualidade.

Não significa que para a magia acontecer em sua vida, para sua intuição fluir ou para qualquer oração que precise fazer diante de uma situação específica, você deverá estar diante do altar. Afinal, nem sempre você poderá!

Pode ocorrer algo na rua ou no trabalho e você, como bruxo, sentir a necessidade de lançar mão de um recurso mágico com a intenção de modificar uma situação negativa, tornando-a positiva. Este é o nosso papel, é o trabalho de quem lida com magia, seja em benefício próprio ou de um semelhante.

Contudo, o seu altar será o canto ao qual irá se recolher para fortalecer as suas conexões espirituais, sempre que for preciso ou desejado.

Mas como organizar o meu altar? O que devo colocar nele ou o que devo evitar colocar? Bem, como eu disse em minhas primeiras palavras neste texto, o altar é completamente pessoal e, assim sendo, você precisa sentir o que flui para você e o que te atrapalha. Isso será determinante para inserir ou retirar objetos de seu altar.

Falando em objetos, chegamos onde eu queria tratar. Muitas pessoas acreditam que um altar com muitos objetos será melhor, principalmente se forem objetos ricos, lindos, de prata, super caros e etc. Em minha humilde opinião, e isso é particular, o seu altar pode ser bem simples, se assim o quiser (ou mesmo se for como puder fazer, afinal nem todos podem pagar o preço de certos instrumentos que gostariam de possuir).

Lembre-se que um bruxo trabalha com energias. Você é quem transfere o seu poder aos objetos que utiliza e não o contrário. Você possui a energia requerida para a prática mágica e os instrumentos mágicos são literalmente isso: instrumentos.

Se as suas conexões forem sinceras, se você honrar aos deuses com orações e agradecimentos verdadeiros, isso terá mais valor do que qualquer prataria sem funcionalidade em seu altar, a qual está ali por talvez você considerar que, devido ao preço e à beleza, te fará mais forte sem que você precise criar a sua própria ligação com as divindades.

Gostaria de finalizar o texto com algumas palavras que poderão ser valiosas a você que chegou até aqui na leitura. Lembre-se: "os instrumentos mágicos que você utiliza são relativos, mas você é essencial".

Nenhum comentário:

Postar um comentário